Postagens

Mostrando postagens de Novembro 18, 2011
Racha em São Paulo mata lutador de jiu-jítsu

A morte do professor de jiu-jítsu Kaio César Alves Muniz Ribeiro, de 23 anos, atropelado por um Audi A3 que perdeu o controle durante um racha na madrugada desta sexta-feira (18) em Campinas, no interior de São Paulo, deixou amigos e parentes inconformados. Na casa onde ele vivia com a mãe, os avós e as irmãs, os amigos tentavam consolar a família. Ribeiro voltava da casa da namorada, Bruna Helena dos Santos Amaral, também de 23 anos, quando foi atingido.

O acidente aconteceu na Avenida Júlio Prestes, no bairro Taquaral. Segundo um policial militar que fazia ronda, um Audi e um Camaro seguiam em alta velocidade pouco antes da batida. A motorista do Audi perdeu o controle, subiu na calçada, acertou um orelhão e derrubou o portão de uma empresa. Segundo o Jornal Hoje, Kaio usava o telefone público no momento do acidente e foi arrastado por cinco metros. O impacto foi tão forte que um muro que separava a empresa de uma casa vizinha…
Bandido abandona carro roubado e consegue fugir após atirar contra PMs

A polícia conseguiu recuperar na tarde desta sexta-feira (18) um veículo roubado no bairro Nova Natal. O assaltante conseguiu fugir, após atirar contra os policiais. A informação foi passada pelo tenente Moura, oficial de plantão na Zona Norte de Natal. De acordo com tenente, um homem ainda não identificado tomou um Fiat Uno de assalto no bairro Nova Natal. Durante diligências, os policiais conseguiram encontrar o acusado dirigindo o carro em Pajuçara. Após uma perseguição, o bandido abandonou o veículo na rua Tenente Sousa, atirou contra os policiais e conseguiu fugir. Ainda segundo o tenente, a polícia realizou diligências pela região, mas não conseguiu localizar o assaltante.
Imagem
No Twitter, prefeito Eider destaca obras e ações em andamento em Alto do Rodrigues Com determinação e coragem, Eider Medeiros vai mostrando porque está hoje a frente de uma administração dinâmica que trabalha para tornar o Alto do Rodrigues um lugar melhor de se viver. Depois de um expediente puxado, Eider tira um tempinho para “vender o peixe”, não só cumprindo o dever de trabalhar, mas também de transparecer o que se faz com o dinheiro do povo. Por reconhecer o mérito, registro aqui o rápido diálogo do BLOG com Eider, via twitter: Eis algumas declarações do prefeito:*Na Educação# Professores de Alto do Rodrigues tem o segundo maior piso salarial do RN, estamos entre os 100 municípios do Brasil que mais investe na educação.# A construção da creche de tempo integral é mais um compromisso de campanha que nossa gestão cumpre com o povo da nossa cidade.# Construção de colégio Brasil Profissionalizante. Obra de R$ 8 milhões de reais com 12 mil metros² de área construída. Beneficio…
Apreensão de motocicleta em blitz gera indenização em Natal

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça negou um recurso movido pela empresa PG Motos (Parelhas Gás LTDA.) e manteve a condenação que estipulou a quantia de sete mil reais a títulos de danos morais a um motorista que teve sua moto apreendida em uma blitz. A sentença mantida foi da 14ª Vara Cível de Natal, que determinou ainda o acréscimo de multa e correção monetária.

A empresa defendeu a inexistência do dever de indenizar, afirmando que ficou claro que o autor assumiu o risco de passar pelo constrangimento de ter o bem apreendido em uma blitz quando permitiu a sua utilização, visto que tinha o conhecimento de que o mesmo encontrava-se com a sua documentação irregular.

Ao julgar o caso, o relator, desembargador João Rebouças observou que a relação entre as partes tem cunho consumerista, razão pela qual, deverá ser aplicada, para efeitos de composição da ação, a teoria da responsabilidade objetiva encartada no art.…
Delegado de Polícia Civil é condenado por improbidade no RN

O juiz Airton Pinheiro, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal condenou um Delegado de Polícia Civil à pena de perda do cargo público de Delegado de Polícia Civil do Estado do RN, nesta compreendida a cassação de eventual aposentadoria concedida no curso da ação judicial e até o trânsito em julgado dela (art. 145 da LCE 122/94).

O magistrado também condenou o delegado à pena de proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos.

Motivo: acusação da prática de ato de improbidade administrativa tipificado no artigo 9º, inciso I, da Lei de Improbidade.

De acordo com a Ação Civil de Improbidade Administrativa movida pelo Ministério Público do RN, o delegado C.R.C., enquanto titular da Delegacia de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas - DEPROV,…