Postagens

Mostrando postagens de Setembro 22, 2019

RELATOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA CEDE À PRESSÃO E MANTÉM A INCORPORAÇÃO DE GRATIFICAÇÕES NA APOSENTADORIA

Imagem
Apesar de ter rejeitado as emendas para modificar a reforma da Previdência com potencial para desidratar a proposta, o relator Tasso Jereissati (PSDB-CE) cedeu à pressão de servidores e suprimiu do texto um ponto que trata da incorporação das gratificações variáveis (produtividade, desempenho e decorrentes de cursos de especialização) no cálculo da aposentadoria. O projeto enviado pelo governo e aprovado pela Câmara dos Deputados exigia que o valor dessas gratificações fosse computado no valor do benefício, considerando a média do tempo em que elas foram auferidas e não sua integralidade. A medida beneficia principalmente servidores de estados e municípios, mas abrange também funcionários públicos da União, como técnicos legislativos e auditores do INSS, por exemplo.
Na última versão do relatório, apresentada à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) , Tasso optou por incluir a parte das gratificações na chamada PEC paralela (Proposta de Emenda à Constituição), que foi desmembrada da …

RN DEVE GASTAR 72% DAS RECEITAS COM PAGAMENTO DE PESSOAL EM 2020

Imagem
Com orçamento estimado em R$ 12,829 bilhões, o Governo do Estado deve destinar 72,31% das receitas totais em 2020 apenas para o pagamento das despesas com a folha de pessoal e encargos sociais, cuja previsão é de R$ 9,284 bilhões, de acordo com o projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA), a ser  votado até dezembro na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. No Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2019, que foi publicado no dia 19 de janeiro, o percentual de gasto previsto com pessoal para este ano, em relação a arrecadação estimada é de 67,52%. Para uma receita de R$ 12 bilhões, a folha dos servidores deve chegar a R$ 8,12 bilhões até o encerramento da  execução do  orçamento que está em vigor. Portanto, em 2020, se a LOA for aprovada como enviada pelo governo, haverá um acréscimo de 4,79% na despesa de pessoal de um ano para outro. Em comparação com o OGE de 2019 deste ano, a LOA para 2020 prevê uma arrecadação a maior de R$ 821 milhões. No entanto, na mensagem enviada pela governad…

JOICE HASSELMANN DIZ A COLEGAS QUE DEIXA LIDERANÇA DO GOVERNO NO CONGRESSO ATÉ O FINAL DO ANO

Imagem
A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), tem dito a parlamentares que deve deixar o posto no final do ano, porque está cansada da pressão. Correligionários da deputada, porém, acreditam que o movimento deve ocorrer mais por pressão do Planalto do que por desejo dela, que mira a Prefeitura de SP em 2020. No início do mês, em entrevista à Folha, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a correligionária “está com um pé em cada canoa”, referindo-se à aproximação dela com o governador paulista, João Doria (PSDB). A deputada classificou a fala como “ciuminho”.
Painel/Folha de S.Paulo

MEGA-SENA ACUMULA E PRÓXIMO CONCURSO DEVE PAGAR R$ 44 MILHÕES

Imagem
As seis dezenas do Concurso 2.190 da Mega-Sena, sorteadas ontem, 21, no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo, não teve vencedores. O prêmio para o próximo concurso, que será sorteado na quarta-feira, 25, está estimado em R$ 44 milhões. Os números sorteados foram 05 – 09 – 20 – 25- 35- 53 A quina teve 94 ganhadores que vão receber, cada um, R$ 29.098,66. Acertaram quatro números 6.835 apostadores, que receberão o prêmio individual de R$ 571,69. As apostas para o próximo concurso da Mega-Sena podem ser feitas até às 19h da próxima quarta-feira, 25. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 3,50.

JAIR PRECISA FALAR NA ONU COMO ANTI-BOLSONARO

Imagem
Nove meses de governo foram suficientes para Jair Bolsonaro mostrar que sabe criar crises. Na próxima terça-feira, ele terá 20 minutos para revelar que também sabe desfazê-las. Esse é o tempo de duração do discurso que o presidente fará na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas. Pode continuar soando como um problema para a floresta amazônica. Mas dispõe da opção de se exibir ao mundo pela primeira vez com uma solução ambiental.
Em condições normais, os representantes de 193 países, os chefes de organismos internacionais, os líderes de organizações sociais e os repórteres dos principais meios de comunicação do mundo não dariam muita bola para Bolsonaro. Mas o capitão desdenhou tanto do meio ambiente em tão pouco tempo que acabou chamando a atenção do ambiente inteiro. Será ouvido com grande aplicação e enorme desconfiança.
Sob Bolsonaro, o governo fez uma opção preferencial pela falta de nexo. Desmontou o frágil aparato fiscalizatório do Ibama, desossou o ICM-Bio, desmoralizou d…

SELMA ARRUDA: BOLSONARISMO É COMO SE FOSSE UMA SEITA

Imagem
Em entrevista à coluna de Guilherme Amado, na Época, publicada neste domingo (22), a senadora Selma Arruda (Podemos-MT), que se elegeu sob o apelido de "Moro de saias" e deixou o PSL na semana passada por ter sido ofendida por Flávio Bolsonaro, disse que o bolsonarismo é "como se fosse uma seita".
A senadora conta como foi virar alvo de ataques de bolsonaristas nas redes. "Recebi ataques dos radicais. Tem uma ala do bolsonarismo que, se você não for um robô que concorde com tudo... É como se fosse um time de futebol... Impressionante. Como se fosse uma seita. Agora, quero ver o que vão dizer do presidente quando o presidente também mudar de partido", disse.
Ainda sobre o radicalismo dos bolsonaristas, Selma Arruda disse que "esses radicais engolem isso sem mastigar, saem repetindo isso, e agora há um mantra de que a CPI não tem utilidade", referindo-se à campanha de parte do próprio governo contra a CPI da Lava Toga.
Em tempo: indagada, após a fala…

ENTREVISTA: ‘OBJETIVO DE MORO É VOLTAR À JUSTIÇA NA CORTE MAIOR’, DIZ ÁLVARO DIAS

Imagem
O partido lançou uma ofensiva no Senado para se tornar a maior legenda da Casa. Desde o início do ano, o partido já filiou seis senadores. Nesta semana, foi a vez da senadora Juíza Selma (ex-PSL), a 11ª integrante da bancada na Casa – agora, só menor do que a do MDB, que tem 13. Dias afirma que tem outros nomes no horizonte. “É um projeto nacional que não se limita ao Senado”, afirmou ao Estadão/Broadcast. A seguir os principais trechos da entrevista:
O Podemos conquistou a segunda maior bancada no Senado. Qual é o objetivo do partido? Nossa prioridade é fazer a leitura correta das prioridades da população e trazer para dentro do Senado. Por isso, estamos querendo crescer com qualidade, sem perder a nossa identidade. É um partido que tem agenda própria de combate à corrupção e pró-reformas. Por isso, não se coloca na base aliada do governo nem frontalmente na oposição. Tentamos fugir desta dicotomia.
O Podemos vai disputar o comando do Senado? Creio que a construção de um Podemos for…

APRESENTADOR DA GLOBO INTENSIFICA AÇÕES PARA SER PRESIDENCIÁVEL EM 2022

Imagem
Deu na Folha de São Paulo. Cotado para disputar o Planalto em 2018, o apresentador Luciano Huck, de 48 anos, intensificou sua movimentação política nos últimos meses, de olho em uma possível candidatura a presidente da República em 2022.
Segundo o jornal paulista, aliados do apresentador já confirmam que ele "está considerando" a possibilidade, embora a decisão concreta só deva vir mais tarde. A expectativa é que ele chege em 2022 com a ideia amadurecida, ao contrário do que aconteceu no ano passado.
"Huck desde 2017 se articula ancorado no seu engajamento em movimentos que pregam renovação política. Ele agora estabeleceu um ritmo acelerado de conversas com líderes políticos e partidários, entrevistas à imprensa, palestras em eventos para formadores de opinião e aparições públicos para debater temas urgentes, como a crise na Amazônia", diz a Folha.



"BANDIDO TEM QUE SER TRATADO COMO BANDIDO", DIZ DEPUTADO FEDERAL DO RN

Imagem
O Ministério da Justiça mantém uma rotina de apreensões de armas e munições em presídios de todo o país. Uma delas aconteceu no Pará, e ganhou repercussão nas redes sociais do ministro da pasta, Sergio Moro. O assunto acabou sendo comentado também pelo deputado federal do Rio Grande do Norte, general Girão Monteiro (PSL). Para o parlamentar, "bandido tem que ser tratado como bandido".
"Lamentamos quem decide ir para o lado do crime. As famílias de bem sofrem muito com o destino de seus filhos e filhas. Mas, somos responsáveis por nossas escolhas. Bandido tem que ser tratado como Bandido. Todo o meu apoio ao Pacote Anticrime e às Forças Policiais", disse o parlamentar.
Girão havia compartilhado exatamente o comentário feito por Moro. "Força Tarefa de Intervenção Penitenciária do DEPEN/MJSP encontrou pistolas, revólver, vasta munição e celulares em cela de presídio no Pará, no que era para ser um centro de ressocialização. Cadeias não podem ser bunkers para crimin…