ALTOMIDIA

ALTOMIDIA

HOME

quinta-feira, 19 de abril de 2018

AÇUDE DE PATAXÓ CONTINUA SANGRANDO


Segundo informações de moradores da comunidade de Pataxó o Açude continua sangrandos e está com uma lâmina de sangria de aproximadamente 10 centímetros.


BARRAGEM ARMANDO RIBEIRO GONÇALVES ELEVOU EM 38 CENTÍMETROS SEU NÍVEL DE ÁGUA NAS ÚLTIMAS 24 HORAS



A Barragem Armado Ribeiro Gonçalves amanheceu nesta quinta-feira, dia 19 de abril na cota 40,04 metros. Nas últimas 24 horas a elevação registrada foi de 38 centímetros e desde o dia 12 de fevereiro até estes 19º dia de abril a recarga possibilitou a subida da lâmina de água em 5 metros e 58 centímetros segundo o DNOCS.

LEI SECA FICA MAIS RIGOROSA EM TODO O BRASIL A PARTIR DESTA QUINTA-FEIRA


A partir desta quinta-feira, 19, passam a valer as novas regras da Lei Seca no País, com punições mais rigorosas destinadas aos motoristas que praticarem os crimes de homicídio culposo (não intencional) ou de lesão corporal de natureza grave ou gravíssima, sob efeito de álcool ou de outras substâncias psicoativas que causem dependência. A pena para lesão corporal passa a ser de 2 anos a 5 anos. Em caso de morte, chega a 8 anos de reclusão.
Atualmente, as penas para esses crimes permitem a fiança, a ser arbitrada por um delegado de polícia. Com as alterações previstas pela Lei 13.456/2017, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Michel Temer, essa opção no âmbito da polícia deixa de existir, e só quem poderá liberar por fiança será um juiz em análise posterior à prisão.
A nova lei não faz mudanças quanto aos procedimentos adotados durante as fiscalizações policiais e também não altera a tolerância de álcool no sangue ou o valor da multa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

JUSTIÇA COMEÇA A RETIRAR OUTDOORS DE BOLSONARO


Justiça Eleitoral resolveu cair em campo contra a campanha antecipada. Outdoors do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) estão sendo retirados por todo o Brasil.

BARRAGEM ARMANDO RIBEIRO GONÇALVES ELEVOU AINDA MAIS SEU NÍVEL DE ÁGUA


Barragem Armado Ribeiro Gonçalves amanheceu nesta quinta-feira, dia 19 de abril na cota 40,04 metros. Nas últimas 24 horas a elevação registrada foi de 38 centímetros e desde o dia 12 de fevereiro até estes 19º dia de abril a recarga possibilitou a subida da lâmina de água em 5 metros e 58 centímetros segundo o DNOCS.

COMUNICADO DO SUPERMARCADO SOBERANO


quarta-feira, 18 de abril de 2018

GERALDO ALCKMIN NÃO VAI PARA JANTAR OFERECIDO POR FÁBIO FARIA


O presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) ‘furou’ com o deputado federal Fábio Faria (PSD) e não foi mais participar do jantar oferecido por ‘ele a ele‘ hoje (18) na sua residência em Brasília (DF)  com outras lideranças políticas. Inclusive, a cúpula do PSDB no Rio Grande do Norte e o governador Robinson Faria.
Alckmin está viajando de Brasília para São Paulo (SP).

DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO PEDE SUSPENSÃO DE GASTOS COM O MOSSORÓ CIDADE JUNINA


A Defensoria Pública da União entrou com uma ação pedindo a suspensão dos gastos de nível nacional do Mossoró Cidade Junina até que a disponibilidade de insumos médicos em Mossoró seja regularizada.
A medida também atinge o Governo do Estado e União, mas no tocante aos gastos com publicidade.
O foco principal é na falta de insumos da farmácia básica do município ligada aos diabéticos.
Já existe uma liminar com mais de seis meses arbitrando uma multa que vem se acumulando. “Diante dessa medida ser ignorada a Defensoria Pública da União decidiu tomar uma medida mais drástica pedindo a suspensão de gastos com publicidade do governo do estado e união e a suspensão dos gastos com shows do Cidade Junina”, disse ao Blog do Barreto o defensor público Hélio Cabral.

GOVERNO ANUNCIA CANCELAMENTO DE 422 MIL BENEFÍCIOS SOCIAIS


Após um trabalho de revisão de benefícios sociais concedidos pelo governo federal, 422 mil serão cancelados, sendo 228 mil auxílios-doença, 43 mil aposentadorias por invalidez e 151 mil benefícios de Prestação Continuada (BPC). O trabalho de revisão de benefícios vai continuar até o fim do ano. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (16), em Brasília, pelos ministros do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, e do Planejamento, Esteves Colnago.

Diversos benefícios de programas sociais estão sendo revisados pelo governo federal, para verificar se os beneficiários ainda cumprem os requisitos apresentados no momento da concessão do auxílio. Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, o objetivo é revisar 1,8 milhão de benefícios, entre auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. Após o pente fino, a expectativa do governo é chegar a 1,1 milhão de benefícios mensais. A economia total com as medidas pode chegar a R$ 20 bilhões.

Auxílio-doença
No caso do auxílio-doença, os beneficiários foram convocados para novas perícias. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, na primeira fase, entre 2016 e fevereiro de 2018, foram realizadas 252 mil revisões de um universo de 553 mil previstas. Destas, 228 mil foram canceladas, seja por indicação da perícia ou por não comparecimento, um índice de cerca de 82%. Desde agosto de 2016, a revisão de auxílio-doença gerou economia de R$ 7,6 bilhões.

Aposentadoria por invalidez
Quarenta e três mil benefícios de aposentadoria por invalidez serão cancelados. Neste caso, como há um processo de transição para o cancelamento total, que se estende por um ano e meio, a economia em 2018 será de R$ 500 milhões mas pode chegar a R$ 5 bilhões em 2019.

Prestação Continuada
O Benefício de Prestação Continuada é oferecido a 4,4 milhões de beneficiários de baixa renda, sendo 2,4 milhões de idosos e 2 milhões de pessoas com deficiência. O governo vai cancelar 151 mil benefícios de pessoas que não atendem mais os requisitos mínimos para receber o auxílio. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, a economia com os cancelamentos pode chegar a R$ 1 bilhão por ano.

GovData
A revisão do BPC, especificamente, foi feita a partir da uma nova plataforma de integração de dados de bancos e sistemas do governo federal, denominada GovData. A plataforma integra dados de 14 bases e a expectativa é de que outras sejam incorporadas brevemente.

“As bases vão ser atualizadas mensalmente. Todo mês o governo vai poder saber se o dinheiro está sendo bem alocado e se as pessoas cumprem os requisitos mínimos pra continuar a receber [o benefício]”, informou o ministro do Planejamento, Esteves Colnago.

CASAS EM AMARGOSO PENDÊNCIAS ENCONTRA -SE ILHADAS






APÓS CHUVAS, MAIOR BARRAGEM DO RN COMEÇA A COBRIR RUÍNAS DE ANTIGA CIDADE





Em menos de 24 horas, as águas da Armando Ribeiro Gonçalves, o maior reservatório do Rio Grande do Norte, avançaram e começaram a cobrir, novamente, a igreja abandonada da antiga São Rafael, cidade que foi inundada no início dos anos 1980 para a construção da barragem.


A população que vive próxima à antiga São Rafael já percebe o aumento do nível da barragem. Vídeos mostram o avanço das águas. Na tarde desta segunda-feira (16), as águas já chegavam a um barzinho montado em meio às ruínas da antiga cidade. Já em novo registro na manhã desta terça-feira (17), as águas do reservatório já se aproximavam da escadaria da igreja abandonada. Outro vídeo filmado no início desta tarde já mostra o nível da água, que já cobre o primeiro degrau das escadas.


A Barragem Armando Robeiro Gonçalves, o maior reservatório do estado, abastece 40 cidades da região Oeste do estado, mais de 640 mil pessoas, e deixou o volume morto após as chuvas dos últimos dias. Segundo relatório atualizado do Instituto de Gestão de Águas do RN (Igarn), o reservatório chegou a um volume de 481 milhões de metros cúbicos, o que representa 20,05% de sua capacidade total.


As águas estão, de acordo com o Igarn, 3,70 metros acima do chamado volume morto, o nome dado à reserva de água mais profunda das represas. No caso da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, em termos volumétricos, essa condição ocorre quando o nível chega a 236 milhões de metros cúbicos.


O diretor-presidente do Igarn, Josivan Cardoso, confirma a recuperação momentânea da grande barragem. Segundo ele, o reservatório tem apresentado saldo positivo em relação ao seu abastecimento nas últimas semanas. "Estamos otimistas [com o aumento do nível da barragem] porque as previsões são de que as chuvas continuem nas próximas semanas", disse Cardoso.

Cidade submersa


A barragem Armando Ribeiro Gonçalves foi inaugurada em 1983, mas começou a ser construída em 1980. A inundação da antiga São Rafael foi um dos pontos mais polêmicos da construção. Para que o reservatório fosse construído, uma nova cidade precisou ser erguida para receber a população do município que seria submerso.

Segundo o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), a primeira obra inaugurada na nova São Rafael foi o cemitério, uma vez que a legislação da época exigia a retirada dos corpos da antiga cidade para que a inundação pudesse ser feita.

Recuperação hídrica



Nesta segunda-feira (16), o açude Itans, localizado em Caicó, que estava em situação de volume morto, melhorou sua situação após as chuvas dos últimos dias. Junto com ele, outros nove reservatórios monitorados pelo Igarn melhoraram seus níveis e também deixaram o volume morto, em duas semanas.

G1

BARRAGEM ARMANDO RIBEIRO TEM SEU NÍVEL ELEVADO EM MAIS DE 5 M



BARRAGEM ARMANDO RIBEIRO GONÇALVES ESTÁ COM MAIS DE 22% DA SUA CAPACIDADE HÍDRICA


A reserva hídrica da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves é de 22.79%. Em fevereiro o percentual era de 10,80 pontos com um volume na época de 259 milhões 157 mil 467 metros cúbicos. Na manhã desta quarta-feira, o volume acumulado do reservatório atingiu 547 milhões 148 mil metros cúbicos. Nas últimas 24 horas o reservatório chegou a cota 39,66 metros o representa uma elevação de 96 centímetros na comparação com esta última terça-feira, dia 17. Concluindo, de 12 de fevereiro até este dia 17 de abril a elevação na sua lâmina d'água é de 5 metros e 20 centímetros.

PROGRAMA “ALTO DO RODRIGUES EM PAUTA” DESTA QUARTA-FEIRA (18) ESTA IMPERDÍVEL


O programa “Alto do Rodrigues em Pauta” desta quarta-feira (18), terá as participações especiais da miss alto do Rodrigues Mirelly Moura, Darlos Medeiros, Grimaldi Sousa do musico rejanilson Paiva


O programa Alto do Rodrigues em Pauta irá ao ar, pontualmente às 10h00 da manhã na rádio web Registrando de Assú.

terça-feira, 17 de abril de 2018

ALEGRIA: AÇUDE BELDROEGA COMEÇA A SANGRAR



As chuvas que vem caindo sobre o estado do Rio Grande do Norte têm trazido alegria e feito os reservatórios receber tanta água a ponto de sangrar. É o caso do Açude Beldroega na zona rural de Paraú que amanheceu nesta terça-feira, dia 17 de abril transbordando e proporcionando um espetáculo de encher os olhos. A água que sai do Açude Beldroega reforça o Mendubim em Assú que faltam cerca de cinco metros para atingir a sua cota de sangria.

SHOW DE OFERTAS SUPERMERCADO SOBERANO




FOTOS: INTEGRANTES DO MST ENTRAM EM PRÉDIO NA PREFEITURA DE CEARÁ-MIRIM E COLOCAM PNEUS NO MEIO DE VIA PÚBLICA








Registro na manhã desta terça-feira(17) de integrantes do Movimento dos Sem Terra flagra entrada em massa no prédio na Prefeitura de Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal.

Em frente ao prédio, integrantes do movimento, alguns deles com foices, como pode ser observado em imagens abaixo, colocaram pneus no meio da via pública. Fotos cedidas.

IMAGENS DO DIA RIO PIRANHAS JUCURUTU


 

VÍDEO MOSTRA A LAGOA DO QUEIMADO PENDÊNCIAS RECEBENDO UMA BOA RECARGA DE ÁGUA


CHUVA DEVE CONTINUAR NOS PRÓXIMOS DIAS, CONFIRA IMAGENS DESTA TERÇA-FEIRA EM ALTO DO RODRIGUES.


A chuva deve continuar em Alto do Rodrigues nos próximos dias, de acordo com os dados da Meteorologia, desta terça-feira (17) até sábado (21), o tempo segue chuvoso, com sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.







(Fotos Cizinho )

CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE COMEÇA DIA 23 DESTE MÊS NO RN


A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza 2018 será realizada no período de 23 de abril a 1° de junho, sendo 12 de maio o “Dia D” de mobilização nacional.
De acordo com a Coordenação Estadual de Imunizações (CEI), a estimativa para esta edição é vacinar mais de 54,4 milhões de pessoas em todo país e 879.430 no Rio Grande do Norte. Tendo como meta vacinar, pelo menos, 90% dos grupos prioritários.
Fazem parte dos grupos elegíveis para a vacinação as crianças na faixa etária de seis meses a menos cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indivíduos a partir dos 60 anos, trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

RIO DO ALTO E VÁRZEA RECEBEM UMA BOA RECARGA DE ÁGUA

  

  




AÇUDE DE RAFAEL GODEIRO HOJE AMANHECEU ASSIM.


CÂNCER É A PRINCIPAL CAUSA DE MORTE EM QUASE 10% DAS CIDADES BRASILEIRAS



O câncer já é a principal causa de morte em quase 10% das cidades brasileiras — 516 do total de 5.570 municípios do país. Com isso, nesses municípios, os tumores malignos são mais fatais do que qualquer outro aspecto, seja em relação a doenças ou até mesmo acidentes de trânsito e homicídios. O levantamento, feito com base nos números oficiais mais recentes do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), de 2015, foi divulgado nesta segunda-feira pelo Observatório de Oncologia do movimento Todos Juntos Contra o Câncer, em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM).

Segundo os pesquisadores, o câncer avança a cada ano e, com a manutenção dessa trajetória, em pouco mais de uma década os tumores malignos serão os responsáveis pela maioria das mortes no Brasil, ultrapassando a liderança que durante décadas ficou com as doenças cardiovasculares e o aparelho circulatório.

O Rio Grande do Sul é o estado com o maior número de municípios onde o câncer é a primeira causa de morte: 140. Enquanto em todo o país as mortes por câncer representam 16,6% do total, no território gaúcho esse índice chega a 33,6%. De acordo com os autores da pesquisa, um dos fatores que pode explicar a alta incidência de câncer na região são as características genéticas da população, que, devido à cor de pele mais clara, pode apresentar maior predisposição para desenvolver o câncer de pele tipo melanoma, por exemplo.

No outro extremo, o Distrito Federal e o Amapá não contabilizaram nenhuma morte por câncer em 2015, ano-base para a pesquisa. Já no Estado do Rio, somente uma cidade aparece no levantamento: Cambuci, no Norte Fluminense. Nesta cidade, a taxa de morte por câncer registrada foi de 19 por cada 10 mil habitantes.

Os dados mostram que a maior parte das cidades onde o câncer é a principal causa de morte está localizada em regiões mais desenvolvidas do país, justamente onde a expectativa de vida e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) são maiores. Dos 516 municípios onde os tumores matam mais, 80% ficam no Sul (275) e Sudeste (140). No Nordeste, estão 9% desses municípios (48); no Centro-Oeste, 7% (34); e no Norte, 4% (19).

Ao todo, essas cidades concentram uma população total de 6,6 milhões de habitantes. Onze municípios são considerados de grande porte, sendo Caxias do Sul (RS) o mais populoso deles, com quase meio milhão de habitantes.

HOMENS SÃO OS QUE MAIS MORREM

O Observatório identificou que, das 9.865 mortes registradas nas 516 cidades, a maioria foi entre homens (57%). Seguindo a tendência do grupo, os homens lideram o número absoluto de mortes em 23 estados.

Em 21 cidades, não houve sequer registro de óbito entre as mulheres. Elas só foram maioria nos registros de mortes no Ceará e em Mato Grosso do Sul. Em 62 municípios, as mortes registradas em 2015 foram iguais para ambos os sexos.

Com relação à idade, metade das mortes se concentra nas faixas de 60 a 69 anos (25%) e 70 a 79 anos (25%). Em seguida, a maior proporção aparece no grupo dos que tinham mais de 80 anos (20%). Crianças e adolescentes, grupo que compreende a faixa etária de zero a 19 anos, somaram 1,3% dos óbitos.

APRESENTADOR DO SBT MORRE POUCO ANTES DE PROGRAMA ENTRAR NO AR



Morreu nesta segunda-feira (16), aos 58 anos de idade, o jornalista esportivo e apresentador Ricardo Vidarte, do SBT do Rio Grande do Sul. Ele sofreu uma parada cardíaca na redação da emissora, em Porto Alegre, quando preparava a edição de hoje do programa SBT Esporte.


De acordo com o UOL, a emissora chamou uma ambulância para socorrer Ricardo, mas ele faleceu antes mesmo de chegar ao hospital. A fatalidade ocorreu por volta das 9h30. O programa dele começaria às 12h10.

Ricardo Vidarte trabalhou na Rádio Guaíba, na Rádio Pampa, na TV Pampa (afiliada da Rede TV!) e na Rede Record. No SBT ele estava há 10 anos.

Clubes como o Internacional, Grêmio e Novo Hamburgo lamentaram a morte do jornalista.