Postagens

Mostrando postagens de Maio 23, 2019

JUSTIÇA RECEBE NOVA DENÚNCIA CONTRA ROBINSON

Imagem
O juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública, Francisco Seráphico da Nóbrega Coutinho, acatou abertura de processo contra o ex-governador Robinson Faria no processo da Operação Dama de Espadas. Na ação, o Ministério Público acusa Robinson de improbidade administrativa. O MP-RN acusa “Robinson Faria de ter continuado com a prática depois de ter deixado a Presidência da Assembleia e passar a exercer os cargos de vice-governador e governador do Estado”. Outro lado

Em nota, a defesa do ex-governador, representada pelo advogado Ezequias Pegado Cortez, informou à reportagem da Tribuna do Norte que Robinson “vai ser citado para juntar suas provas de que não cometeu nenhuma improbidade administrativa”.

ATOS DE 26 DE MAIO EXPÕEM 'RACHA' NA DIREITA QUE APOIA BOLSONARO

Imagem
As manifestações do dia 26 de maio, convocadas por simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais, estão provocando um racha na grande frente de direita que apoia o ex-capitão - um balaio que reúne militares, liberais, evangélicos, "lavajatistas", antipetistas desgarrados e cidadãos comuns fartos da corrupção e da falta de segurança no País.

O racha, insinuado com os ataques do escritor Olavo de Carvalho e de seus pupilos a militares que fazem parte do governo e aos ex-ministros Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, e Ricardo Vélez Rodríguez, da Educação, agora ganhou novas dimensões.

De um lado estão os que apoiam as manifestações, como os grupos mais radicais do "frentão" pró-Bolsonaro e a ala ligada a Olavo, com a qual se identificam Eduardo e Carlos Bolsonaro, filhos do presidente. A turma tem também apoio de boa parte da bancada do PSL no Congresso, inclusive o deputado Alexandre Frota (SP), desafeto dos olavistas.

Do outro lado es…

TÁ NO SOBERANO, TÁ FELIZ! OFERTAS VÁLIDAS DE 23 A 25 DE MAIO.

Imagem

'CHAMAR ESTUDANTE DE MASSA DE MANOBRA É COISA DE IMBECIL', DIZ LOBÃO SOBRE BOLSONARO

Imagem
No estúdio que montou no quintal de sua casa no bairro paulistano do Sumaré, Lobão, 61, trabalha em "Com a Graça de Deus". Está mostrando na internet, aos poucos, o processo de construção da música, um rock com jeitão de trilha para faroeste italiano.
Nesse mesmo refúgio, Lobão alimenta há um mês e meio seu novo canal no YouTube. E, como acontece há alguns anos, seus posicionamentos políticos estão causando mais do que seu som.
Ele se tornou figura célebre na tentativa de construção de uma nova direita no país. Foi uma das vozes mais fortes no Twitter pelo impeachment de Dilma Rousseff, festejou a queda do PT e, às vésperas da eleição de 2018, apoiou Jair Bolsonaro.
Por tudo isso, o que causa grande repercussão em sua fase youtuber é a desistência desse apoio e a ruptura com Olavo de Carvalho, ideólogo de Bolsonaro que teve intensa relação intelectual com Lobão entre 2013 e 2015.
"Estão me chamando de traidor agora?", diz Lobão. "Isso já aconteceu antes comigo, em…

FACEBOOK TENTA GANHAR DINHEIRO COM WHATSAPP

Imagem
Depois de descartar cobrar dos usuários para o uso do serviço, o Facebook está desenvolvendo uma forma alternativa de ganhar dinheiro com o aplicativo de mensagens WhatsApp. O dono do aplicativo anunciou na quarta-feira, 21, em evento realizado na Holanda, que vai exibir anúncios no serviço de vídeos efêmeros da plataforma – o WhatsApp Status – a partir de 2020. As informações foram publicadas em redes sociais por publicitários presentes no evento. Procurado, o WhatsApp não comentou o assunto. A ferramenta do WhatsApp Status é semelhante ao Stories do Instagram – e ambos são parecidos com as mensagens do Snapchat, do qual o Facebook copiou o recurso. O WhatsApp é usado por 500 milhões de pessoas em todo o mundo. Segundo as fontes, os anúncios vão aparecer como postagens independentes, entre as publicações dos usuários. A função estará disponível tanto no iPhone quanto no Android, disse o Facebook. Haverá ainda um símbolo indicando que o post é patrocinado e uma seta, para que o usuário “…

APÓS DENÚNCIA, PM IMPEDE FESTA DE FACÇÃO NA ORLA DE PONTA NEGRA

Imagem
Uma suposta festa de uma facção criminosa foi impedida de acontecer na noite dessa quarta-feira (22), em um estabelecimento da orla de Ponta Negra, uma das principais praias de Natal. Uma força-tarefa da Polícia Militar, Guarda Municipal e Semurb foi acionada para fiscalizar o evento. De acordo com a PM, os agentes chegaram ao local após uma denúncia feita ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). A informação passada, ainda segundo as informações policiais, era que no local aconteceria uma festa de facção. No local, os policiais identificaram o estabelecimento sendo montado para a realização da festa com banda. Contudo, o prédio estava sem licença de operação e os alvarás da Prefeitura e Corpo de Bombeiros vencidos. Com as irregularidades, os agentes da Semurb interditaram o evento e determinaram a remoção dos equipamentos. O dono do estabelecimento foi identificado e notificado para comparecer à secretaria para resolver as pendências identificadas pelos fiscais.

[OPINIÃO] MINISTRO DA EDUCAÇÃO ELEVA DESPREZO PELA PASTA AO SUGERIR QUE ALUNOS DAS FEDERAIS DO RN SUBSTITUAM TERCEIRIZADOS

Imagem
Ao sugerir que alunos das federais do RN façam manutenção e limpeza, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, desce mais uma degrau na escada do desprezo que tem pela pasta que ocupa. Não é algo exclusivo, se olharmos de forma mais abrangente. O ministro do Meio Ambiente detesta políticas ambientais e a de Direitos Humanos está apavorada com Elsa sapatão. Miram-se, pois, no presidente da República, sem apreço pela democracia. E também sem apreço pelo conhecimento e pelos estudantes, que seriam, como são mesmos as palavras?, idiotas úteis. Que o País está parado é sabido há cinco anos. Foi para resolver isso que esse equipe foi colocada pelo povo onde está. Se é preciso haver amputações, por um lado; não é necessário jogar sal na ferida, por outro. A iniciativa do confronto com declarações partindo de quem deveria ter moderação e liderança é de causar desesperança. No próximo degrau da escada, não se impressionem, o ministro da Educação deverá descer ao patamar de sugerir que estudantes aba…

STF DESBLOQUEIA R$ 31 MILHÕES E GOVERNO DO ESTADO JÁ PODE USAR

Imagem
O Ministro Edson Fachin deu uma bela vitoria ao Governo do Estado no STF. O Ministro desbloqueou R$ 31 milhões de repasses da União que estavam retidos desde 30 de abril para ser utilizados na área de saúde. O Secretário de Planejamento, Aldemir Freire informou que esse dinheiro vai ser usado para complementar o duodécimos aos poderes e também para a folha de pagamento.

PARTICIPANTES TÊM ATÉ HOJE PARA PAGAR TAXA DE INSCRIÇÃO DO ENEM

Imagem
Termina hoje (23) o prazo para pagar a taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. O valor é R$ 85 e pode ser pago em agências bancárias, casas lotéricas e Correios. A inscrição só é confirmada após o pagamento.  As inscrições para o Enem foram encerradas na última sexta-feira (17), com 6.384.957 inscritos. O total de participantes confirmados será divulgado no dia 28 deste mês.  Quem teve direito à isenção do pagamento da taxa e concluiu a inscrição no prazo tem participação garantida. As provas serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro. Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem, por exemplo, para se inscrever em programas de acesso à educação superior como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) ou de financiamento estudantil (Fies). Agência Brasil

DEPUTADOS RETIRAM COAF DE MORO E MANTÉM ÓRGÃO NO MINISTÉRIO DA ECONOMIA

Imagem
Por 228 votos, o plenário da Câmara dos Deputados manteve a decisão da comissão mista que analisou a Medida Provisória da Reforma Administrativa (MP 870/19)  e aprovou hoje (22) a volta do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Economia.  Os deputados rejeitaram um destaque que queria restaurar o texto original que determinava que o órgão ficaria sob a guarda do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Entre os deputados, 210 votaram pela aprovação do destaque e quatro se abstiveram. Com isso, o órgão definitivamente sai do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A permanência do Coaf na pasta comandada por Sergio Moro era defendida pelo ministro.  Criado em 1998, no âmbito do Ministério da Fazenda, o Coaf é uma órgão de inteligência financeira do governo federal que atua principalmente na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro. Um pouco antes, os deputados haviam aprovado o texto base da MP 870/19, que reduziu o número de ministérios de 29 p…