Postagens

Mostrando postagens de Junho 8, 2019

ABC TOMA 4, PERDE EM CASA E SE COMPLICA AINDA MAIS NA SÉRIE C

Imagem
O ABC perdeu mais uma, dessa vez para o Imperatriz/MA, neste sábado (08), no estádio Frasqueirão pelo placar de 4 x 2. O confronto foi válido pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Essa é a quinta derrota seguida do ABC, que é o lanterna do grupo A com apenas 4 pontos. O imperatriz ainda não havia conquistado nenhum ponto fora de casa, sendo o ABC a primeira vítima do time maranhense. O jogo deste sábado seria decisivo para saber quem iria ficar com a lanterna do Grupo A ao final da rodada. O ABC já era o último lugar com 4 pontos e o Imperatiz era o penúltimo, com 5. Com a derrota, o ABC vai dormir mais uma rodada na zona de rebaixamento. Os gols do Imperatriz foram marcados por Lucas Campos, Renan Dutra e dois por Matheus Lima. Os dois ABC foram convertidos por Jefinho.

NATAL, A CIDADE DO SOL

Imagem
Conhecida pelo seu estilo de vida descontraído e pela simpatia dos seus habitantes, a capital do Rio Grande do Norte tem um litoral cheio de praias lindas e outras belezas naturais. É por isso um ótimo destino para passar umas férias românticas.
Se já sente o apelo do sol, da praia e das águas do mar, espreite as ofertas da TAP, marque o seu voo e vá conhecer Natal!
Veja aqui tudo o que pode fazer com a sua cara-metade para aproveitar a cidade de Natal e comemorar o Dia dos Namorados no Brasil.
PRAIAS
O Rio Grande do Norte possui uma belíssima costa atlântica e áreas de praia que se estendem por cerca de 410 quilómetros, desde o ponto norte do estado até o lado nordeste de Natal.
A sua localização à beira-mar é ideal para atividades na praia e desportos marítimos. Os casais mais ativos podem fazer passeios de barco, andar de caiaque, observar golfinhos, praticar surf, kitesurf e pescar. Os mais aventureiros não podem deixar de percorrer as dunas de Natal num buggy, a alta velocidade e aquel…

JAIR BOLSONARO SE REÚNE COM FLÁVIO E ADVOGADOS NO ALVORADA

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro esteve reunido com o senador Flávio Bolsonaro(PSL-RJ) e com os advogados Karina Kufa e Antônio de Rueda na manhã deste sábado, 8, no Palácio da Alvorada, uma das residências oficiais da Presidência.
O senador e os advogados chegaram por volta das 9h30. Flávio deixou o Alvorada às 11h47 e o time de advogados às 10h50. Nenhum deles falou com a imprensa. Karina Kufa atuou na defesa do presidente durante as eleições e advoga para o PSL nacional. Antônio de Rueda é advogado e vice-presidente do PSL, partido do presidente.
Pela manhã, Bolsonaro também recebeu Erico Filipe de Mello e Costa, que foi secretário parlamentar de seu gabinete e do gabinete de seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).
Após uma semana movimentada, com idas para Mato Grosso, Goiás, Buenos Aires e Rio de Janeiro, a agenda do presidente para este final de semana não aponta compromissos oficiais.
No dia 15 de abril, o Ministério Público do Rio de Janeiro quebrou o sigilo bancário e fiscal…

PINGO DA MEI DIA ABRE SÃO JOÃO DE MOSSORÓ COM EXPECTATIVA DE RECORDE DE PÚBLICO

Imagem
O maior bloco junino do país promete levar um grande público para o Corredor Cultural em 2019 neste sábado (8). O Pingo da Mei Dia começa pontualmente, ao meio dia, com as primeiras bandas circulando em trios elétricos espalhados pelo circuito. Este ano serão 12 bandas e 4 trios com expectativa de multidão para a abertura do São João de Mossoró.
Na edição deste ano o evento conta com reforço na segurança. Serão 540 agentes ao longo do Corredor Cultural. Além disso, o Pingo vai contar com monitoramento por câmeras, com a ampliação de 97 equipamentos auxiliando na prevenção aos crimes durante a realização dos festejos.
Serão dez horas de festa, encerrando às 22h conforme determinação dos órgãos de fiscalização. Os espaços privativos foram licenciados pelo Município, seguindo o disciplinamento de um decreto publicado. O Pingo é para todos os públicos e todas as idades.
Confira o horário das atrações durante o Pingo da Mei Dia:
12h – Forró com Ela – Trio Zueira
12h – Nataly Vox – Trio Absolut
1…

GRANDE NATAL TEM DOIS PONTOS IMPRÓPRIOS PARA BANHO NESTE FIM DE SEMANA

Imagem
A Grande Natal tem dois pontos impróprios para banho neste final de semana. É o que aponta o boletim de balneabilidade do programa Água Azul, divulgado nesta semana. Devem ser evitados:
Rio Pium (Ponte Nova), em Parnamirim.
Praia de Pirangi do Sul (Igreja), em Nísia Floresta.
A análise foi divulgada nesta sexta-feira (7) e tem validade de 7 dias, e é classificada com base na quantidade de coliformes fecais encontrados na água das praias monitoradas e de acordo com o estabelecido em uma resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).
Ao todo, 33 pontos de banho foram avaliados pelo programa em todo o estado.
O programa Água Azul é realizado pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), em parceria com Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).

PRODUTORES DO NE SE MOBILIZAM CONTRA IMPORTAÇÃO DE CAMARÃO

Imagem
A Associação Brasileira de Criadores de Camarão – ABCC – começou esta semana a mobilizar os produtores, especialmente no Nordeste, onde a carcinicultura emprega por volta de 100 mil pessoas, numa agenda a favor da defesa sanitária do camarão brasileiro.   É uma resposta à decisão do juiz federal substituto da 8ª Vara/DF, Márcio de França Moreira, que na última terça-feira, 28, deu parecer favorável à entrada do crustáceo no mercado nacional, suspensa por força de uma briga judicial que se arrasta há anos. Em 2013, a Associação Brasileira dos Criadores de Camarão (ABCC) ingressou com uma ação civil pública para anular a autorização de importação da espécie que havia sido liberada em 2012, após a Análise de Risco de Importação (ARI) feita pelo antigo Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), atual Secretária de Aquicultura e Pesca (SAP).  A ABCC justificava que o crustáceo argentino trazia consigo risco de introdução de doenças virais na carcinicultura brasileira (como o vírus da mancha bra…

‘PESO REAL’ TENDE A SER POUCO BENÉFICO PARA O BRASIL, DIZEM ECONOMISTAS

Imagem
A unificação monetária entre Argentina e Brasil, proposta pelo presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia Paulo Guedes, em visita ao país vizinho, passaria por um trâmite muito complexo e não traria tantos benefícios ao Brasil. A moeda levaria o nome de “peso real”.
Segundo Victor Candido, economista-chefe da corretora Guide Investimentos, quem mais ganharia com essa medida seria a Argentina, porque para o Brasil “o custo-beneficio só tem custo”, avalia.
“O sistema financeiro do Brasil é um dos mais bem estruturados do mundo. O brasileiro acredita no seu sistema. Já o argentino, não”, analisa Otto Nogami, professor de economia do Insper, que enxerga uma mudança muito complexa para poucos pontos positivos. Na prática, os dois países teriam que interligar o movimento de capital, para que, por exemplo, um argentino pudesse abrir uma conta bancária ou investir na bolsa no Brasil e vice-versa.
Seria necessário também equilibrar uma série de fatores, como taxa de flutuação de câmbio, i…

‘VIABILIDADE ZERO EM 20 ANOS’, DIZ EX-PRESIDENTE DO BC SOBRE ‘PESO REAL’

Imagem
A ideia lançada pelo presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, de uma moeda única entre Brasil e Argentina, o “peso real”, tem “viabilidade zero” em um horizonte de, ao menos, 20 anos – isso se “tudo der certo” na próxima década. Assim avalia o ex-presidente do Banco Central Francisco Lopes, conhecido como Chico Lopes, que ocupou o cargo entre janeiro e fevereiro de 1999, em meio à crise cambial do início do segundo governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).
Para Lopes, qualquer iniciativa do tipo, como ocorreu na Zona do Euro, só é concretizada a “longuíssimo prazo” e pressupõe um “dever de casa muito grande”, baseado, sobretudo, em estabilidade. “Você precisa de muita estabilidade monetária, fiscal e política, para pensar nisso seriamente. A viabilidade é zero no horizonte de muitos anos. Talvez daqui a uns vinte anos, se tudo correr bem por uns dez anos. É a muito longo prazo”, disse Lopes a VEJA.
O primeiro pilar de uma união monetária seria, para ele, a pa…